menu close menu

Blog

Maní, onde cozinhar é uma arte

Dessa vez o tema do nosso post de fim de semana é gastronomia. Se tem uma coisa que a gente adora fazer é sair pra comer. E a dica de hoje é um lugar perfeito para um dia de comemoração!

Maní é mais do que um dos melhores restaurantes de São Paulo. É desses lugares especiais. A começar pela linda decoração, uma mescla de elementos rústicos, despojados e finos. Um ambiente super agradável e acolhedor, daqueles que a gente passa horas sem nem olhar pro relógio.

Mas o melhor vem da cozinha, comandada pela dupla de chefs Helena Rizzo e Daniel Redondo.

De entrada: queijo de cabra com pimenta rosa, coalhada seca, manteiga com flor de sal e ótimos pães quentinhos. Mas o melhor desse couvert é a placa de biscoito de polvilho, uma espécie de gostinho de infância. Demais!

O dia em que fomos lá era de comemoração, por isso pedimos alguns drinks. Um deles sem álcool – com abacaxi, limão, hortelã e soda. O outro trazia uma combinação de espumante e frutas vermelhas. Bonito de se ver e bem refrescante!

Os pratos principais são obras de arte em forma de comida (não é exagero, tá!). Que apresentação linda!

O peixe do dia cozido a baixa temperatura no tucupi com banana da terra e migalhas trazia ingredientes brasileiros apresentados de forma única e criativa. O tucupi foi servido como uma espuma, no melhor estilo Adriá (ou Atala). Dava pra sentir direitinho o sabor de cada ingrediente.

Outro prato divino é o atum levemente grelhado com quinua, chutney de amoras e espuma de gengibre. Peixe cozido no ponto certo, quinua soltinha, espuma de gengibre saborosa, cremosa e consistente. E o que dizer do chutney de amoras, hein? Espetacular!

Vamos confessar que foi bem difícil escolher a sobremesa. Decidimos pela opção com banana nanica, gelatina de guaraná, farofa de aveia, marshmallow de açúcar mascavo, raspadinha de morango e sorvete de açaí. Sobremesa original, colorida, leve e bem exótica.

Também não aguentamos de curiosidade pra saber como era um doce chamado de “ovo”. Resultado: gostamos muito do sorvete de gemada com espuma de coco e coquinhos crocantes. Na apresentação, parece mesmo um ovo!

Não é um lugar que conseguimos ir sempre, afinal não é nada barato. Mas para uma comemoração especial, vale incluir na lista. Se estiver em São Paulo, que tal ir lá no primeiro aniversário de casamento, hein?

Ah! E por falar em casamento, ao lado do Mani funciona o Manioca, espaço exclusivo para realização de mini-enventos, especialmente casamentos. Fica a dica pra quem pretende realizar um mini-wedding em São Paulo.
Maní: Rua Joaquim Antunes, 210 – Jardim Paulistano – São Paulo – SP – Tel.: (11) 3085-4148

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>